A tecnologia de tricô 3D não revolucionou somente a fabricação de roupas mas a de calçados também como é o caso da startup americana Rothy que vende sapatos novos que não são novos realmente. Da mesma forma que o projeto Adidas x Parley , os sapatos da Rothy são de malha usando fios de garrafas de plástico recicladas. Eles também possuem solas, palmilhas e embalagens recicladas e podem ser totalmente reciclados quando forem descartados seguindo as normas da economia circular.

Rothy tem sede em San Francisco, Califórnia, e disse que seus sapatos são o resultado de três anos de pesquisa e desenvolvimento de produtos para lançar sua linha de calçados reciclados feitos em máquinas de tricô 3D que não emitem poluição e nenhum desperdício de material.

O fio usado para tricotar os cabedais do calçado é feita inteiramente de garrafas certificadas de tereftalato de polietileno (PET). As tampas e os rótulos são retirados para que as garrafas sejam lavadas a quente e então processadas em filamentos de fibra que se tornarão o fio. O fio é tratado com um agente de capilaridade para diminuir a umidade do pé.

Roth Martin, co-fundador e chefe criativo da Rothy disse: “Existe uma tremenda quantidade de resíduos plásticos que vão parar nos aterros. Nosso processo nos permite fabricar cabedais tridimensionais de malha que usam a quantidade exata de material que eles precisam usar, a fim de criar o corpo do sapato. A máquina de tricô 3D tricota apenas a quantidade de material que precisa para completar essa tarefa, e em seguida, ela repete a tarefa conforme necessário”.

Estes belos sapatos de malha 3D são feitos de garrafas de plástico recicladas stylo urbano-1

O resultado é uma fibra suave que cria uma malha respirável, feita com três garrafas recicladas em cada sapato. Usando um processo patenteado, a máquina da Rothy tricota os sapatos em sua forma 3D, ajudando a minimizar o desperdício causado pelo desenho do corte, irregularidades e defeitos.

A parte superior em malha é, em seguida, termicamente prensada para assumir sua forma utilizando moldes, unindo a sola exterior e a sola interior de almofadada para completar o sapato. Essa tecnologia possibilita criar sapatos com cores e desenhos personalizadas pelos clientes sem atrapalhar a produção pois a modificação é feita na hora de tecer o cabedal de malha.

O tricô 3D é a forma de fabricação mais moderna, sustentável e produtiva pois possibilita a customização em massa de sapatos, bolsas e roupas sem desperdício de material, sem químicos, com economia de água, energia e mão de obra.

A coleção inaugural da Rothy está disponível em dois estilos e em 17 combinações de cores diferentes. Eles também são laváveis na máquina e no final da sua vida, cada par de sapatos pode ser reciclado. Os clientes só precisam baixar um formulário de envio online e enviar os sapatos para a empresa PLUSfoam, parceiro de reciclagem da Rothy. Os dois modelos são o The Flat e o The PointVeja e custam entre US $ 125 e US $ 145. Mais detalhes no site da empresa.

Estes belos sapatos de malha 3D são feitos de garrafas de plástico recicladas stylo urbano-2

DEIXE UMA RESPOSTA