Alunos do Willem de Kooning Academie em Roterdão, Holanda, encontraram uma maneira de transformar frutas que eram descartadas no lixo em couro ecológico. Este “couro de frutas”, criado pelos inventores, não apodrece, não atrair formigas ou moscas e não só pretende acabar com o desperdício, mas também é adequado para ser utilizado em diversos produtos.

Estudantes holandeses reciclam o desperdício de frutas em couro ecológico stylo urbano-1

A idéia nasceu quando os estudantes Hugo de Boon, Aron Hotting, Koen Meerkerk, Maaike Schoonen, Bart Schram e Miloy Snoeijers, estava pensando numa forma de usar os 3.000 kg de frutas que são jogados fora depois de um dia de mercado em Roterdão. E depois que muitas centenas de quilos de frutas foram descascadas à mão e tirado os caroços para depois serem cozidas e secas, eles obtiveram um material que se assemelha ao couro animal.

“Cada centímetro é único. É um material com uma estrutura e textura clara, que fica diferente com cada tipo de fruta que utilizamos “, disse Hugo de Boon que junto com seus colegas criaram a Fruitleather Rotterdam.

Estudantes holandeses reciclam o desperdício de frutas em couro ecológico stylo urbano-2

Para testar sua couro, os alunos fizeram alguns “protótipos” com o couro. Até agora, 14 mangas foram transformadas em uma mala forte e flexível. Há também um saco de compras feita de nectarinas e um abajur feito de pêssegos.

Os alunos já foram abordados por fabricantes de calçados interessadas em seu produto. Uma grande empresa alemã que faz peças de couro para a BMW e Porche entrou em contato com eles pois as empresas estão à procura de uma alternativa ao couro animal e frutas só poderiam produzir uma alternativa mais amigável do que o couro animal. Interessante não? Eu já vi papel artesanal feito de frutas, mas couro de fruta achei o máximo! Eles só tem agora que refinar o processo para que a textura do couro ecológico de frutas fique mais comercial.

DEIXE UMA RESPOSTA