Um novo processo de tingimento revolucionário para denim foi revelado num evento do Instituto de Pesquisa em Fibras e Biopolímeros da Universidade de Tecnologia do Texas que pretende reduzir uso de água e energia em mais de 90% em comparação com o tingimento índigo tradicional. A pesquisa foi patrocinada pelas empresas Wrangler, Lee e Fundação Walmart e desenvolvida para a empresa Indigo Mill Designs (IMD).

O novo tingimento à base de água chamado IndigoZERO utiliza um processo à base de espuma para reduzir a utilização de água e energia em mais de 90%. “A Wrangler avançou na comercialização desta tecnologia porque acreditamos que ela tem o potencial de melhorar drasticamente o impacto ambiental da nossa indústria e nos ajudar a alcançar nossos objetivos de marca para a conservação da água”, disse Tom Waldron, presidente da Wrangler.

O tingimento de fios com espuma é uma nova tecnologia que é rentável e tem baixo impacto ambiental. No entanto, o seu uso foi previamente limitado na fabricação de denim porque o corante índigo usado para criar a cor azul tradicional reage ao oxigênio no ar. Desenvolvido na Universidade de Tecnologia do Texas, a solução IndigoZERO do IMD supera esta limitação, resultando em reduções líquidas de água e uso de energia de mais de 90%. Além disso, o processo de tingimento de espuma reduz a utilização de produtos químicos ao conseguir a mesma ou melhor qualidade de corante em comparação com processos convencionais.

“Uma grande fábrica de tecido usa milhões de litros de água todos os dias para tingir denim”, disse Sudhakar Puvvada , que lidera o trabalho de inovação denim para Wrangler e Centro de Inovação Global da Lee e serviu como um conselheiro para a IMD. “A inovação do IMD pode reduzir muito esse valor e cortar a energia necessária para o tingimento e tratamento de águas residuais”.

O processo de tingimento de espuma do IMD também permitirá que as fábricas de tecido possam produzir quantidades muito menores do que os processos de tingimento convencionais, além de reduzir a energia necessária para o tingimento e tratamento de águas residuais. Os tanques de corante à base de água tradicionais tem 273 metros de comprimento. O novo sistema de tingimento de espuma para a mesma quantidade de tecido precisa de apenas de 27 metros.

A Wrangler projeta que, se a tecnologia fosse implementada somente pelos fornecedores de tecidos da Wrangler e Lee nas Américas, 8 bilhões de litros de água serão conservados por ano, igual à quantidade de água utilizada por 70.000 americanos a cada ano. Uma vez que a tecnologia seja adaptada para os fornecedores da Wrangler e Lee globalmente, pelo menos 17 bilhões de litros de água não serão utilizadas anualmente.

Fonte: Sustainable Brands

DEIXE UMA RESPOSTA