Matea Benedetti é uma marca ética e sustentável ligada ao conceito de beleza, luxo e inovação. O objetivo dessa marca de Eco Couture é colocar a humanidade num nível mais alto de consciência em relação à natureza e a todas as formas de criação. A paixão pelos tecidos inovadores e sustentáveis ​​é um elemento-chave da identidade da estilista eslovena Matea Benedetti. Cada produto é fabricado com os melhores tecidos naturais, orgânicos sempre que possível e tingidos com extratos botânicos ou corantes ecológicos.

Todos os materiais são certificados, biodegradáveis ​​ou são reciclados. Segundo Benedetti “os cientistas estimam que de 150 a 200 espécies de plantas, insetos, aves e mamíferos se extinguem a cada 24 horas. Estamos prontos para um novo modo de vida, onde nós protegemos primeiro e criamos depois.” Benedetti vive na cidade de Ljublajana na Eslovênia mas suas coleções são 100% fabricadas na Itália e outros países da UE. Veja mais detalhes da coleção de Benedetti aqui.

A marca utiliza como matérias primas: seda orgânica, Piñatex (couro de abacaxi), lã e algodão orgânicos, cânhamo, bambu, fios reciclados, e em sua coleção de primavera/verão 2018, foi primeira marca de moda a criar roupas com Pellemela, literalmente couro de maçã, um material que não tem nada a invejar ao couro animal.

O Pellemela é produzido da Itália pela empresa Frumat com os resíduos industriais de maçã, ele mantém o calor, permanecendo respirável, é impermeável, resistente e, claro, 100% vegano. Esse “couro de maçã” começou a ser utilizado primeiramente na fabricação de bolsas e sapatos e agora começou a ser explorado no vestuário. Em 2017, no Green Carpet Fashion Awards em Milão, a estilista Matea Benedetti exibiu vários modelos feitos com Pellemela.

Este novo material feito de resíduos de maçã vem se somar a outro material inovador feito de resíduos de uva, o Vegea (aqui e aqui), também produzido na Itália e uma alternativa perfeita ao couro animal. Ambos são biodegradáveis, de economia circular e promovem a agricultura local.

Um grande número de países produz macieiras em quantidades muito grandes. Não há necessidade de importar a matéria-prima porque as macieiras são o tipo de árvores de fruto muito comum na UE e em outros países. Em 2016, a Europa produziu mais de 12 milhões de toneladas de maçãs. O preço do “couro de maçã” é equivalente ao do couro animal. No entanto, se você quiser comprar o Pellemela precisa encomendar no mínimo de 300 metros. Quem disse que o que é visto como lixo não pode se tornar luxo?

The 5 finalists of The Franca Sozzani GCC Award for Best Emerg…

Congratulations Matea Benedetti, COTE, LEO STUDIO DESIGN, Tiziano Guardini Eco-designer and Calcaterra The 5 finalists of The Franca Sozzani GCC Award for Best Emerging Designer Fashion expert & Fidenza Village Chair & Chief Global Merchant, Desiree Bollier talks about what makes this so important. Each of the finalists receive yearlong mentoring overseen by Desiree in all the collection Villages, with the ultimate winner being announced Sept 24th in Milan.

Posted by Bicester Village on Tuesday, September 5, 2017

DEIXE UMA RESPOSTA