O mercado global de moda esportiva vale hoje mais de US$ 100 bilhões por ano e a concorrência é feroz. Ao contrário dos velhos tempos, quando era vista como algo sem graça só utilizada para fazer cooper ou treinos em academia, a moda esportiva se tornou um estilo de vida nos últimos anos.

Com a união da moda esportiva e fitness com a tecnologia vestível, não só o estilo e a aparência que contam, mas também o desempenho funcional para monitorar os exercícios físicos e a saúde do usuário através de aplicativos instalados no smartphone.

7f415929ab7ba23c62a57cdd8696beb7

Esporte, uma nova religião

Com o culto cada vez maior ao corpo e perfeição física, grandes empresas  de moda e acessórios começaram a investir pesado numa reformulação da moda esportiva e fitness para que ficassem mais modernas e chamativas para o público que adora exibir o corpo na academia e fora dela.

Atualmente as pessoas estão mais conscientes dos benefícios de trabalhar sua saúde do que antes e estão mais felizes do que nunca usando roupas atléticas que pareçam modernas e chiques. Os amantes dos exercícios físicos agora esperam produtos esportivos que oferecem melhor qualidade, melhor design e desempenho superior.

Nova marca de moda esportiva utiliza eletrodos em suas roupas para intensificar qualquer treino stylo urbano-7

Já pensou em usar uma roupa esportiva que fosse uma academia portátil trabalhando seus músculos de forma mais eficiente? A startup alemã Wearable Life Science criou a linha de roupas esportivas Antelope que utilizam eletrodos de estimulação de músculos para aumentar a intensidade do exercício. Ao invés de simplesmente gravar e relatar ao usuários os dados relacionados com os exercícios, como é o caso de muitos wearables atuais, o Antelope realmente faz algo diferente com a informação obtida dos exercícios. A ação visa estimular repetidamente diferentes músculos, dependendo do tipo e intensidade do exercício.

Estes impulsos imitam as instruções dadas pelo cérebro para contrair os músculos. Os criadores dizem que se exercitar por 20 minutos vestindo o Antelope é tão eficaz quanto ficar três horas fazendo exercício com roupas esportivas normais.

As peças da coleção tanto masculina como feminina se compõe de camiseta, regata e bermuda todos feitos de tecido respirável, elástico com cabos condutores e eletrodos tecidos no interior, e usa a tecnologia de estimulação elétrica muscular (EMS), também frequentemente usada em fisioterapia para sacudir os músculos durante os exercícios. O usuário pode controlar os músculos alvo, escolher frequências diferentes e programas de treinamento, e seguir o seu progresso usando um aplicativo no smartphone.

Juntamente com os dados gravados do monitoramento dos exercícios, o aplicativo pode criar um treino adaptado para o usuário como um instrutor virtual ou pode enviar lembretes incentivando os exercícios. O aplicativo também permite ao usuário participar de uma comunidade, onde a informação é compartilhada ou os desafios de exercícios são iniciados com outros usuários.

Isto irá agradar a Geração Y que gostam de atividades físicas comuns, onde podem partilhar as suas experiências e são motivadas por objetivos comuns. Os produtos que economizam tempo são particularmente populares entre os consumidores com maior poder aquisitivo e foi pensando neles que a linha Antelope foi projetada pois não é qualquer um que pode pagar US$ 1.446 em um conjunto de roupa esportiva. 
Nova marca de moda esportiva utiliza eletrodos em suas roupas para intensificar qualquer treino stylo urbano-4

DEIXE UMA RESPOSTA