Há cada vez mais novas tecnologias aplicadas ao mundo da moda. Por exemplo, já é possível provar roupas sem ter de vesti-las. Graças a uma tela de alta resolução, a tecnologia “Espelho Mágico” identifica as medidas do cliente. Esta e outras novidades foram apresentadas em Telavive, em Israel, num evento que juntou a indústria da moda e as empresas de tecnologia. O objetivo é estabelecer pontes entre as duas áreas e criar novos protótipos e serviços.

“Estas empresas provam que graças à tecnologia é possível mudar a forma de consumir moda, seja na Internet ou numa loja. É possível criar uma nova experiência que combine o real e o virtual. Com estas novas empresas vamos poder avançar”, disse Yael Kochman, organizadora do evento. A Infime quer ajudar os clientes a comprar roupa íntimas. Graças a uma tecnologia 3D que mede o corpo do cliente de forma exata, a pessoa pode escolher a peça de lingerie sem ter o trabalho de  vesti-la.

“O cliente pode visualizar seu corpo em três dimensões. E é o próprio cliente que introduz as medidas através da Internet. Na loja, o cliente digitaliza o código do produto e pode ver no espelho se lhe fica bem”, disse Michael Litvin, fundador da empresa Infime.

Outra marca de roupa íntima, a Rigby & Peller em Hong Kong, instalou um sistema que deteta as medidas exatas de cada pessoa. “A tecnologia detecta vários pontos do corpo de forma precisa o que permite calcular o tamanho da pessoa. Graças a esta informação, é possível definir a nossa identidade em termos de tamanho e podemos também determinar o nosso tamanho em função de cada marca”, explicou lui Tong, a gerente da loja.

Novas tecnologias detectam as medidas exatas do cliente e possibilitam provar roupas sem ter de vesti-las stylo urbano-1A tecnologia baseada numa câmara 3D coloca a questão do uso dos dados pessoais. A loja garante que as imagens são apagadas. Cabe ao cliente autorizar a conservação dos dados. Esta tecnologia pode ser utilizada não só para roupas íntimas mas para todo tipo de roupa e com o tempo vai acabar se generalizando porque os clientes vão começar a habituar-se a um serviço de qualidade elevada. O sistema permite poupar tempo pois quando a pessoa quer comprar um produto, não precisa de experimentar tudo. Veja neste post como serão os “espelhos mágicos” do futuro propostos pela Cisco.

Fonte: Euronews

Novas tecnologias detectam as medidas exatas do cliente e possibilitam provar roupas sem ter de vesti-las stylo urbano-2

DEIXE UMA RESPOSTA