Essa é a segunda vez que escrevo um post sobre esse assunto e acho fantástico esse tipo de iniciativa. A Rightfully Sewn é uma recém-criada organização de caridade focada na moda, projetada para ser um espaço de treinamento que visa fornecer aos jovens estilistas, mão de obra de mulheres em situação de risco que querem encontra novas oportunidades na área da moda. A startup quer ajudar na crescente demanda de produtos acessível mas de alta qualidade “Made in USA”. Segundo o site do projeto:

“Rightfully Sewn vai oferecer treinamento de costureira para mulheres em situação de risco para que elas possam prosperar como uma força de trabalho especializada que irá restabelecer Kansas City como um epicentro de fabricação de vestuário, enquanto, ao mesmo tempo, impulsiona os jovens designers de moda de Kansas City para o mercado, para que possam suprir a crescente demanda por roupas de preços acessíveis mas de alta qualidade, produzida nos Estados Unidos.”

Enquanto Nova York é vista como a capital da moda dos Estados Unidos, Kansas City foi uma vez o lar de muitas costureiras, estilistas locais e marcas nos anos 60. Infelizmente por causa da “globalização da produção”, fábricas locais foram fechadas e toda produção foi enviada para países em desenvolvimento. Jennifer Lapka Pfeifer, fundadora e presidente da Rightfully Sewn acrescenta:

“Não há nenhuma organização como a nossa no país inteiro. Nossa visão é estabelecer um caminho para uma versão contemporânea da era dourada de Kansas City  no século XX no design de vestuário e fabricação.”

Organização de caridade quer ajudar mulheres em situação de risco a encontrar trabalho na indústria da moda stylo urbano-1

A Rightfully Sewn está trabalhando em parceria com a Women’s Employment Network/Women’s Business Center, para fornecer treinamento para as mulheres em situação de risco e aumentar suas chances de encontrar um emprego estável e renda. No Brasil temos o fantástico trabalho feito pela estilista Raquell Guimarães da marca de tricô artesanal Doisélles com presidiários masculinos em Minas Gerais.

Sherry Turner da Women’s Employment Network é otimista. “Sem o apoio da comunidade para essas mulheres com os obstáculos ao emprego, 67% das mulheres em risco iriam voltar a cometer crimes dentro de três anos. O modelo de formação de costureira e colocação que a Rightfully Sewn está propondo é oportuna e promissora.”, Diz ela.

A incubadora também planeja dar aos jovens estilistas locais acesso ao espaço e as modernos equipamentos junto com treinamento para os muitos aspectos que fazem parte de um negócio de moda. A organização está com uma campanha no Indiegogo para levantar US $ 9.000 de capital. Espero que essa incubadora tenha sucesso com essa iniciativa de ajudar aos jovens estilistas e as mulheres que querem encontrar uma nova oportunidade profissional.

Organização de caridade quer ajudar mulheres em situação de risco a encontrar trabalho na indústria da moda stylo urbano-2

DEIXE UMA RESPOSTA