Barcelona já é uma das cidades mais densamente povoadas da Europa, isso porque a cidade está presa entre as montanhas de um lado e o Mar Mediterrâneo, do outro. Para aumentar o espaço de moradias na cidade, a única maneira de ir é para cima. Mas como você faz isso sem derrubar os belos e requintados edifícios da cidade?

La casa por el tejado (a casa no telhado), ou LCT, é um projeto para instalar casas pré-fabricadas no topo dos edifícios no bairro Eixample de Barcelona. Tido como uma maneira de resolver o problema de espaço limitado, o projeto tem várias vantagens.

Para ganhar mais espaço, casas pré-fabricadas estão sendo instaladas nos telhados dos edifícios de Barcelona stylo urbano-1

Para começar, usa-se um recurso que não é escasso em Barcelona, seus terraços e telhados. Enquanto alguns são usados regularmente, a grande maioria está entregue a antenas parabólicas, varais para secar roupas e lixo. No verão, é quente demais para ir até lá durante o dia. Em Barcelona, as únicas pessoas que usam seus terraços são regularmente aquelas cujos apartamentos estão abertas de frente para um.

Para ganhar mais espaço, casas pré-fabricadas estão sendo instaladas nos telhados dos edifícios de Barcelona stylo urbano-3

Casas pré-fabricadas também são relativamente indolores para os vizinhos. Em vez de ter de aguentar meses de construção de uma obra, o que é particularmente agonizante em uma cidade onde você está empilhado lado a lado com outras pessoas, a casa já chega montada num caminhão, bastando ser elevada por um guindaste, para em seguida, levar algum tempo conectando-a ao sistema de esgoto e elétrico e fazer alguns pequenos reparos.

Para ganhar mais espaço, casas pré-fabricadas estão sendo instaladas nos telhados dos edifícios de Barcelona stylo urbano-4

Ambientalmente, instalar casas pré-fabricadas no topo dos edifícios existentes parece fantástico. É rápido, que não requer a demolição de edifícios antigos, e ela aproveita toda a infra-estrutura já existente.

Mas há desvantagens. Primeiro que a falta de habitação em Barcelona não é devido a uma falta de habitação. É devido a uma grande quantidade de apartamentos vazios, seja porque a propriedade foi comprada para especulação imobiliária ou os apartamentos de propriedade familiar estão vazios em vez de serem alugado. Na verdade, o governo local considerou um plano para forçar as pessoas a alugarem essas propriedades se forem deixadas vazios por muito tempo.

O plano do projeto funciona assim: os proprietários do edifício concordam em ter uma casa pré-fabricada instalada no seu telhado, e por sua vez a empresa (LCT) paga ao proprietário. A sugestão é que o proprietário do edifício use o dinheiro para melhorar o resto da construção, renovando-a em conformidade com os regulamentos de construção da cidade. É como a venda de um terreno livre para um desenvolvedor. A cobertura é então vendida pela LCT.

Interessante esse projeto de Barcelona pois utiliza uma área que antes estava ociosa. Outros projetos pelo mundo também utilizam os terraços dos edifícios que antes estavam vazios com hortas ou jardins.

DEIXE UMA RESPOSTA