Para tornar a indústria da moda mais sustentável, pesquisadores do mundo todo estão desenvolvendo em laboratório novos tipo de materiais. Um filme feito a partir de um subproduto de chá de kombucha poderia ser um novo material sustentável para roupas, sapatos ou bolsas. A película de tipo gel é produzida em tanques de plástico rasos que contêm fibras de celulose retirados de chá de kombucha, juntamente com vinagre e açúcar.

Quando uma colônia de bactérias e levedura é adicionada, o material cresce na parte superior da superfície do líquido. Essa fibra de celulose pode em seguida ser colhida e seca para criar um couro ecológico biodegradável. A pesquisa liderada pela professora Young-A Lee da Iowa State University usou com sucesso o material para fazer protótipos de sapatos e um colete.

Pesquisadores criam couro ecológico biodegradável feito de chá de kombucha stylo urbano

Young-A Lee escreveu sobre a importância da descoberta desta fibra e que isso poderia significar para incentivar mais sustentabilidade na indústria da moda. Ela explica:

” A moda, para a maioria das pessoas, é uma expressão efémera da cultura, da arte e da tecnologia que se manifesta na forma. As empresas de moda incentivam a produção de novos materiais e vestuário, de época para época, ano a ano, para cumprir o desejo e as necessidades dos consumidores. Pense que todos esses itens irão um dia ser descartados e a maioria não será reciclada ou nem é biodegradável.”

Lee está se referindo ao problema causado fast fashion, o ciclo em que roupas baratas são produzidas por trabalhadores mal pagos e sobrecarregados em países asiáticos. Em seguida, as roupas não duram e são jogadas no lixo. O couro de chá poderia se decompor no solo, em vez de ocupar espaço no aterro sanitário.

Qual é a desvantagem? Por enquanto o material não é perfeito ainda. Quando o couro falso se molha ele amolece e tornar-se menos durável. Em temperaturas extremamente baixas, pode se tornar frágil. O couro de kombucha também é bastante demorado para fazer pois leva até quatro semanas para crescer uma folha do material e por enquanto, a produção em massa não é viável mas os pesquisadores estão trabalhando em uma solução para este problema, bem como quanto tempo leva para as fibras de celulose crescerem.

Embora o couro de chá ainda não esteja pronto para produção, Young-A Lee e seus colegas estão confiantes de que a sua investigação poderia eventualmente levar a indústria da moda em direção a tecidos mais sustentáveis. Segundo a pesquisadora, essa fibra celulósica feita de chá foi testada em outras aplicações, tais como cosméticos, alimentos e tecidos biomédicos para curativos, mas é relativamente nova na indústria da moda.

Existem outras alternativas sustentáveis para substituir o couro tradicional como a biofabricação desenvolvida pela Modern Meadow e o Barktex, couro feito de casca de madeira. O vídeo abaixo mostra como é feito o chá de Kombucha.

DEIXE UMA RESPOSTA