Um corpo nu dilacerado por cortes regulares e organizados. As esculturas de papel de Georgia Russell estão cheias de expressão e poesia. Usando apenas seu bisturi ela consegue criar movimento em duas dimensões com imagens. Ela coleciona revistas e jornais. E visita mercados de pulga para encontrar livros para cortar. Originalmente da Escócia, ela se mudou para a França depois de se formar e assim começou a arrancar os livros que encontrava no cais do Sena, em Paris.

A artista diz que o ato de cortar as imagens dos livros as liberta de suas formas esculturais, para criar uma conexão entre os livros e os telespectadores. Georgia Russell desenha com seu bisturi e os padrões repetitivos que ela projeta no papel se parecem com pinceladas vivas. Ela dá um movimento voluptuoso para os recortes onde círculos e ondas interagem com os corpos nus.

A artista pensa no corte de papel como um meio de expressar seus sentimentos e a liberdade de expressão que ela usa captura emoções fortes em suas peças. A noção de destruição é onipresente em sua interpretação do uso do bisturi. No entanto, é uma forma positiva. A partir de um pedaço de papel e um bisturi, ela transforma em uma obra de arte orgânica e vibrante.

Georgia Russell usa bisturi para criar esculturas de papel retalhando imagens de corpos humanos stylo urbano-1 Georgia Russell usa bisturi para criar esculturas de papel retalhando imagens de corpos humanos stylo urbano-2 Georgia Russell usa bisturi para criar esculturas de papel retalhando imagens de corpos humanos stylo urbano-3Georgia Russell usa bisturi para criar esculturas de papel retalhando imagens de corpos humanos stylo urbano-5Georgia Russell usa bisturi para criar esculturas de papel retalhando imagens de corpos humanos stylo urbano-8Georgia Russell usa bisturi para criar esculturas de papel retalhando imagens de corpos humanos stylo urbano-9Georgia Russell usa bisturi para criar esculturas de papel retalhando imagens de corpos humanos stylo urbano-10Georgia Russell usa bisturi para criar esculturas de papel retalhando imagens de corpos humanos stylo urbano-11Georgia Russell usa bisturi para criar esculturas de papel retalhando imagens de corpos humanos stylo urbano-12Georgia Russell usa bisturi para criar esculturas de papel retalhando imagens de corpos humanos stylo urbano-18

DEIXE UMA RESPOSTA