A região de Arnhem na Holanda é o local ideal para a instalação de startups que utilizam tecnologias de base biológica e tecnologia para geração de energia limpa. A jovem empresa StexFibers, que faz parte da incubadora Greenhouse, utiliza uma técnica para suavizar as fibras de cânhamo para produzir tecidos sustentáveis com toque de algodão. Considerando uma cultura sustentável, o cânhamo tem muitas vantagens ambientais em comparação ao algodão.

O crescimento do cânhamo não necessita de quaisquer produtos químicos ou inseticidas, além disso, comparado ao cultivo do algodão que gasta 10.000 litros/kg, o cultivo de cânhamo reduz a quantidade de água em 90%. Outra vantagem: o cânhamo é uma erva daninha, cresce rapidamente em quase toda parte precisando de pouca atenção, não esgota os nutrientes do solo, é fácil de colher, bloqueia os raios UV e é anti-fúngico.

As fibras do cânhamo são duráveis e fortes pois tem 8 vezes a resistência à tração e 4 vezes a durabilidade, em comparação com fibra de algodão. Mas as fibras de cânhamo são grosseiras, e têm sido historicamente mais usadas para fazer cordas do que roupas. No entanto, as modernas tecnologias têm tornado as fibras de cânhamo mais maleáveis, mais suaves e mais finas.

O que há de novo?

O cânhamo tem sido usado há séculos pelos humanos para a produção de tecidos, então o que há de novo? Ben Ratelband, CEO da StexFibers explica: “No passado, o cânhamo foi usado principalmente para fazer materiais como cordas e velas. Nossa técnica permite a produção de fios macios para roupas. Nossa máquina abre os feixes das fibras de cânhamo, separando as fibras grandes e pequenas. As fibras pequenas são suaves e fortes: muito adequadas para a roupas”.

A StexFibers usa uma técnica antiga chamada explosão de vapor. “As fibras de cânhamo são mantidas em um recipiente de vapor e colocadas sob pressão”, diz Ben Ratelband.”Quando a pressão é subitamente liberada, as fibras desmoronam. Usar a quantidade certa de pressão é crucial neste processo: muita vai transformar as fibras em pó, e pouca a separação não acontecerá “. Na Holanda como Portugal e outros países do mundo, o cultivo de cânhamo industrial é legalizado, o que não acontece no Brasil.

StexFibers: Fibras de cânhamo para tecidos sustentáveis ​​de alta qualidade stylo urbano

Testando as fibras

As primeiras amostras das fibras de cânhamo suaves transformadas em fio foram produzidas pela empresa de reciclagem Texperium, um centro de inovação para a indústria têxtil da Holanda. Com as máquinas de explosão de vapor para amaciar as fibras do cânhamo, pode-se utilizar as mesmas maquinas para fios e tecidos de algodão, possibilitando produzir malhas e tecidos 100% de cânhamo com toque de algodão. As fibras de cânhamo suave podem também ser misturadas com algodão, Tencel, poliéster e qualquer outra fibra.

Além da indústria do vestuário, a empresa pretende se concentrar no mercado de toalhas (hotéis) e tecidos para o lar (cadeiras, sofás, colchões, cortinas). Segundo o empresários, seu produto para esse mercado oferece muito melhor qualidade do que o algodão no que se refere à higiene, capacidade de absorção da humidade e durabilidade.

A incubadora Greenhouse localizada em Arnhem, é o lar de 12 startups como a  StexFibers, que criam novos negócios sustentáveis focados na economia circular e bioeconomia. O empresário Ben Ratelband se inspirou no exemplo recente da campanha de G-Star com Pharrell Williams, que produziu roupas e jeans com os plásticos retirados dos oceanos. “Isso mostra que a indústria da moda está à beira da mudança” disse o empresário.

Este vídeo mostra os projetos interligados de três empresas holandesas que juntas produzem tecidos feitos de fibras de cânhamo suave com algodão reciclado. O “Projeto Fibras Sustentáveis” envolve as empresas Pantanova (cultivo de cânhamo), Stexfibers (transformação de plantas de cânhamo em fibra) e Texperium (que fabrica fios reciclados por combinação de materiais).

Em segundo lugar, temos a empresa Moyzo, que faz roupas com os fios desenvolvidos pelo projeto. O vídeo abaixo está com legendas em inglês que podem ser traduzidas automaticamente para português.

DEIXE UMA RESPOSTA