Num post anterior, comentei como as startups estão acelerando a inovação tecnológica na indústria da moda, alterando nossos hábitos de compras e a forma como produzimos, visualizamos, comercializamos e pensamos sobra moda. Atualmente, a sustentabilidade e o consumo consciente estão se tornado parte essencial da visão das empresas de tecnologia e de moda. Neste post, apresentarei alguns tipos de empresas que operam sob a denominação de “startups de moda”.

Começando com uma lista de empresas B2C (empresas para consumidores) seguida pelas empresas B2B (empresas para empresas). As startups de tecnologia de moda são aquelas que se concentram no desenvolvimento de soluções tecnológicas de destaque para atender às necessidades de seus consumidores ou solucionar um certo problema que pode ser resolvido usando determinada tecnologia.

Startups de tecnologia de moda B2C

Conheça os tipos de startups B2C e B2B que estão revolucionando a moda com tecnologia stylo urbano-1

Wearables: dispositivos (roupas ou acessórios) que podem ser usados ​​no corpo de uma pessoa, fornecendo notificações, rastreamento de atividades, lembretes mentais, recursos de segurança, etc. Principais exemplos : Ringly, Fibt, Misfit, Bellabeat, Siren, Nimb, CuteCircuit, Nadix.

Personalização: marcas integradas verticalmente que fornecem algum nível de personalização ao consumidor final. Principais exemplos: Thursday’s Finest, Bow & Drape , Shoes of Prey , Paom , True Gault , Frame & Partners.

Marketplaces:  agregadores de comércio eletrônico ou de compras, onde os produtos de várias marcas são oferecidos em uma loja, com um check-out universal ou simplesmente agregadores de produtos. Principais exemplos: Spring, Farfetch, Lyst, Shoptiques, The Hunt, Where to Get It, ShopStyle, Mallzee.

Ferramentas de reconhecimento de imagens de Marketplaces + moda: agregadores de comércio eletrônico ou de compras que utilizam inteligência artificial para busca visual de produtos de moda similares ou compatíveis. Principais exemplos:  LikeToKnow It, ASAP 54, Donde, Amazon Echo Look.

Marketplaces + produção: agregadores de comércio eletrônico ou de compras que oferecem serviços de fabricação para os pedidos das marcas. Principais exemplos: Nineteenth Amendment, Shapeways.

Plataformas de segunda mão/Peer-to-Peer: comércio eletrônico que permite aos usuários revender seus produtos de moda usados para outros compradores. Exemplos principais: RealReal, Poshmark, Tradesy , Vinted , ThreadUp.

Digitalização de roupas/Personal Stylist: tecnologia que fotografa e cataloga todas as roupas do seu guarda roupa, depois lhe mostra como elas podem ser vestidas juntas no mesmo look. Principais exemplos: ClosetSpace , Stylicious , Stylebook , Polyvore .

Personal Shopper: plataformas que oferecem serviços de estilista e conselhos de compras sob demanda.Principais exemplos: The Fashion Jungle , HangRr , PS Dept. , Mona.

Assinatura: empresas que cobram um valor mensal para que você receba uma caixa ou um serviço digital, com curadoria de roupas “apenas para você”. Principais exemplos: BirchBox , StitchFix , Fabletics , Trunk Club .

Economia de compartilhamento: empresas que fornecem aluguel de roupas e acessórios. Exemplos principais: Rent The Runway , Le Tote , StyleLend , Gwynnie Bee .

Bots / IA: Bots do Messenger que lhe dão conselhos de moda ou ajudam na sua pesquisa de compras na internet. Principais Exemplos: Epytom , eBay Shopbot , Moda Bot por GoFind.ai , Mode.ai .

Serviços sob demanda: todas as várias empresas de tipo Uber que fazem algo por você sob demanda. Serviços sob medida e sob demanda, limpeza de armários, serviços de design, etc. Principais exemplos: Air Tailor , Fitz .

Nota final importante nas empresas B2C: tudo hoje é MÓVEL na forma de um aplicativo ou no design responsivo dos sites para que sejam vistos no smartphone. Tudo é, ou deve ser, móvel hoje.

Startups de tecnologia de moda B2B

Conheça os tipos de startups B2C e B2B que estão revolucionando a moda com tecnologia stylo urbano-2

As empresas B2B ajudam outras empresas a crescer, tornando-as mais eficientes e inteligentes. Elas geralmente são mais inovadoras e tecnicamente avançadas pois criam algo que altera a indústria no seu núcleo. As empresas B2B mencionadas abaixo desempenharão um papel crucial na mudança da maneira como a Indústria operará nos próximos anos.

Inteligência artificial: Empresas que usam AI para reconhecimento de imagem, marketing e recomendações. Principais exemplos: Markalbel, Costume.ai, Cotexica, Thread Genius, Visenze, FindMine, Snaptech, Claire

Tecnologia para administração social, afiliação e incluência: soluções que ajudam a captar e gerenciar influenciadores digitais para colaborar com marcas e varejistas. Principais exemplos: Curalate, RewardStyle, RevFluence , Stylinity.

Escaneamento corporal 3D: ferramentas que oferecem análise de corpo inteiro, visualização 3D e bancos de dados de dimensionamento. Principais exemplos: Body Labs , Clo3D , Fits.me , Virtusize, True Fit , Sharecloth , Fit Analytics, Fittery.

Criação de padrões: soluções que auxiliam na criação de padrões personalizados de roupas. Principais exemplos: Bespokify.

Tecnologias para lojas físicas: Sistemas de checkout, espelhos inteligentes, cabines inteligentes, prateleiras inteligentes. Principais exemplos: Oak Labs, Memomi, QueueHop, Perch.

Omnichannel: Empresas que desenvolvem sistemas para otimizar o estoque em todas as lojas de varejo. Exemplos principais: SKU IQ , WMSight.

Analytics/Big Data: Soluções para marcas e revendedores que fornecem dados da indústria acionáveis ​​para obter preços e produtos corretos. Principais exemplos: Trendalytics, StyleSage, EDITED.

Tecnologias anti-falsificação: ferramentas que ajudam a lutar contra falsificações, soluções de autenticação. Principais exemplos: Cypheme, Authentic or Not.

Drop shipping: empresas que conectam as marcas com os fabricantes. Funciona como um “atravessador” entre o cliente final e o fornecedor. Principais exemplos: Modalyst, RevCascade.

Impressão e tricô 3D: empresas que oferecem soluções de impressão e tricô 3D como produto. Principais exemplos: Shapeways, Unmade.

Provadores inteligentes: espelhos e sistemas de iluminação que ajudam os varejistas a elevar a experiência do provador. Principais exemplos: AletrTech , Perfitly, triMirror.

Bases de dados para fabricantes: recursos para marcas que buscam parceiros de fabricação. Exemplos principais: Makers Row , Buyer Party , Sourceeasy , Sundar

Wearables, tecidos e roupas inteligentes: tudo o que pode ser usado para se produzir uma roupa ou acessórios inteligentes. Principais exemplos: Dropel Fabrics, Wearable X, Switch Embassy, Loomia, Everpuse, Project Jacquard do Google e Levi`s.

Diversos: tecnologia de experiência de consumo, digitalização 3D, realidade virtual, realidade aumentada, Internet das coisas (tecnologia RFID). Principais exemplos: CameraIQ, Metail, Zeekit, Sait.

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA